Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Vamos traduzir um versículo bíblico!



Olá pessoal, tudo bem?!

Hoje nós iremos traduzir mais um texto, um versículo bíblico. Nesse versículo nós iremos ver várias construções e formas gramaticais interessantes.

Eu tenho lido a Bíblia Sagrada em japonês e tenho aprendido bastante e é uma leitura que eu recomendo para todos. Primeiro por ser a Palavra de Deus e segundo por ser uma boa oportunidade de praticar a leitura em outro idioma pois há versões em idiomas diferentes, o que facilita o leitor conferir o idioma de estudo com o português, ou seja, você pode tentar traduzir e conferir com a versão em português para ver se você entendeu certo.


Vamos ver o livro de João, capítulo 3, versículo 16.

実に神は、ひとり子をさえ惜しまず与えるほどに、世を愛してくださいました。
それは、神の御子を信じる者が、だれ一人滅びず、永遠のいのちを得るためです

Jitsu ni kami wa, hitorigo wo sae oshimazu ataeru hodo ni, yo wo ai shite kudasaimashita. Sore wa kami no miko wo shinjiru mono ga, darehitori horobizu, eien no inochi wo eru tame desu.

sábado, 24 de outubro de 2015

A vítima da voz passiva.



Olá pessoal, me desculpem pela demora em postar aqui no blog mas eu não desisti.


Eu estou bem graças à Deus.


Eu ainda tenho vontade de continuar com o blog mas confesso que ficar postando da um trabalho, então me perdoem se as postagens forem esporádicas.



Hoje eu vim aqui trazer mais uma postagem sobre gramática que é um tema que eu gosto muito.



terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Cada um respectivamente.



Olá meus amigos, como vão vocês? Desculpa o tempo que eu fiquei sem postar, as vezes bate um desanimo de parar para escrever e fazer uma postagem. Hoje eu tava animado e resolvi compartilhar com vocês uma expressão bem útil.

Hoje nós veremos o それぞれ que significa “cada um” e “respectivamente”.

Existem quatro formas de usar o sorezore, que vai variar conforme o que se quer dizer.


sábado, 27 de setembro de 2014

Expressando conjecturas e suposições.



Olá pessoal, hoje nós veremos algumas formas bem interessantes e que nos ajudam à expressar várias ideias relacionadas a conjecturas e suposições.



かもしれません  ( かもしれない – forma informal) – talvez, possivelmente.

É só adicionar após verbos, adjetivos (i e na) e substantivos sem precisar fazer nenhuma mudança (a não ser conjugações).

domingo, 3 de agosto de 2014

Vamos traduzir mais um texto?!

Olá pessoal! 

Hoje nós iremos traduzir mais um texto que embora seja infantil possui muitas construções gramaticais mas também possui padrões o que facilita bastante o aprendizado. A postagem será um pouco longa então espero que vocês possan extrair o máximo de informação possivel.

O texto de hoje é “o casamento do ratinho”, não subestime o título achando que é um texto muito fácil, as histórias infantis não possuem uma linguagem muito complexa mas são feitas para crianças que já se comunicam com outras pessoas e que possuem um certo dominio no idioma utilizado.

domingo, 29 de junho de 2014

Refletindo sobre o aprendizado.



Olá pessoal, tudo bem?!



Eu gostaria de discutir algumas ideias legais que eu tenho e que graças à Deus eu aprendi durante os meus estudos e observações.



Às vezes eu fico viajando tentando descobrir um jeito de facilitar o estudo e acelerar o aprendizado meu e também de vocês que estão aprendendo uma nova língua, independente de ser o japonês ou outro idioma que vocês gostem.



A dificuldade de se aprender um novo idioma é parecida com a dificuldade de se decifrar um código. Imaginem um código numérico que possui padrões mas que vocês ainda não descobriram quais são, estes padrões indicam a maneira como o código se comporta e permite que vocês possam até “chutar” uma possível sequência para ele (o código). Desta mesma maneira, correntistas da bolsa de valores, munidos de técnicas conseguem fazer “previsões” sobre a alta ou queda dos preços, eles perceberam o padrão, a maneira como os preços se comportam em determinadas situações.


Conseguindo fazer uma ação.



Olá pessoal, tudo bem?!



Hoje nós veremos a “forma potencial” dos verbos, esta forma é responsável por adicionar aos verbos o significado de “poder, ter a capacidade” de executar a ação.


Nós já vimos a forma “koto ga dekiru” (veja aqui) que também expressa a “capacidade” de fazer uma ação, mas hoje nós veremos a forma mais complicada de se dizer a mesma coisa (também é a forma mais usada).


domingo, 15 de junho de 2014

Verbos transitivos e intransitivos.

Olá pessoal! Tudo bem?!

Eu andei um tempo meio ocupado e por motivos pessoais fiquei sem postar aqui no blog, mas graças à Deus eu ainda estou vivo e não esqueci de vocês que acompanham o blog.


Hoje nós vamos ver os verbos intransitivos e transitivos.


Vocês se lembram o que é um verbo transitivo ou intransitivo? Bem, verbo transitivo é aquele que precisa de um objeto direto para que a ação seja feita, ou seja, “comer” é um verbo transitivo, quem come, come alguma coisa.

Já o verbo intransitivo não precisa de um objeto direto, quem anda, só anda... :P   Então “andar” é um verbo intransitivo.

Em japonês, nós já sabemos que nem sempre as coisas são simples, há exceções, mas vamos deixar a exceções para depois.